Projeto Crescendo para um Novo Mundo



"O costume de crianças atormentando e matando animais, irá, por graus, endurecer suas mentes, mesmo para com os homens, e eles que se deleitam no sofrimento e destruição de criaturas inferiores, não estarão aptos a serem muito compassivos, ou benignos aos de sua própria espécie. (LOCK, p. ano)


Missão

Melhorar a qualidade de vida dos animais, promover políticas públicas de identificação e controle populacional dos animais e estabelecer mecanismos de proteção no seu mais amplo aspecto, influindo no despertar da consciência humana para a posse responsável.


Fonte de Recursos

A organização Mãos e Patas atua essencialmente de forma planejada com desenvolvimento de projetos que visam, de forma efetiva e sustentável, promover a melhora da condição dos animais na sociedade. Sendo uma entidade sem fins lucrativos e sem nenhuma fonte própria de arrecadação, para obter recursos à implantação dos projetos busca parcerias com o poder público e com instituições privadas, promove eventos, busca contribuições através de associados e sociedade civil.


Objetivos gerais do projeto Animal é Legal

Criar subsídios para fortalecer a consciência preservacionista e a proteção animal contribuindo para desenvolver a responsabilidade dos tutores e familiares dos educandos com seus animais de estimação e com o ambiente, contribuindo para a formação de uma sociedade mais justa e pacífica.

Implementar o Projeto Piloto de Controle Populacional de Cães e Gatos no município Botucatu-SP, que reduza a proliferação da população de animais errantes, os chamados comunitários e regulamente a posse responsável de animais com tutores identificados.


Objetivos específicos do projeto

1. Disseminar informações e conhecimento sobre os cuidados e responsabilidades com animais de companhia.

2. Promover a conscientização do cuidado com os animais de estimação, ressaltando responsabilidades, controle de natalidade e sensibilizar sobre a crueldade do crime de abandonos e maus tratos.

3. Orientar alunos sobre a prevenção de zoonoses, capacitando para difundir informações para a família e comunidade para que se tornem “agentes multiplicadores” e “agentes transformadores” para uma sociedade menos com menos violência.


Justificativa

A medida que cresce a população de animais de companhia e a incidência de animais silvestres próximos à população, percebe-se um aumento de ocorrências de maus tratos a animais. Pesquisas revelam que existe uma porcentagem significativa de pessoas que cometeram crimes de maus tratos aos animais e também outros crimes, destacando-se crime de lesões corporais que é um crime de violência contra as pessoas. A violência contra o animal está vincula à violência contra as pessoas.

A Organização Mãos e Patas propõe a implantação de um projeto piloto de programa educacional voltado para professores e alunos da rede pública no município de Botucatu, baseada em valores positivos, para resgatar a relação homem-ambiente. A abordagem norteadora desse processo será a Educação Humanitária que consiste numa metodologia que ensina crianças e jovens a serem tomadores de decisões conscientes. Crianças que aprendem a viver com sincera gentileza para com os outros, a pensar criticamente sobre suas escolhas e a tomar decisões sábias ajudam a prevenir o sofrimento e desastres futuros. Através da sensibilização com o sofrimento animal, queremos explorar as conexões entre outras escolhas pessoais e culturais e o destino de outras pessoas, de outras espécies e da Terra, estimulando o respeito e a compaixão por todos os seres.


Público estratégico

Alunos da Educação Infantil etapas I e II e alunos do Ensino Fundamental I, 5º ano. .



Seja um voluntário